Impressões

Humor à Vista – Natura

IMG_4104d
Há dois anos, aproximadamente (meados de 2016), um drink criado na primeira metade do século XIX (em Nova York, nos EUA), o Moscow Mule (literalmente, mula moscovita), virou febre nas noites jovens e quentes na região do Baixo Gávea, no Rio de Janeiro. E com cerca de 70 anos desde a sua criação, muitas e muitas variações surgiram, mas a tríade gengibre (seja pela ginger beer ou pelo ginger ale), vodka, e limão, é preservada. Ou quase sempre! Seja como for, Moscow Mule é o acorde de destaque de Humor à Vista, lançamento recente (setembro/2018) da Natura.

Terra à vista!!!

Acho que a linha Humor da Natura é uma das mais irreverentes da perfumaria que eu conheço! O nome da fragrância, brincando com a ideia de se estar em alto-mar, ou numa baía que seja, e gritar o icônico “terra à vista” – que faz parte do nosso imaginário coletivo, por conta do que nos ensinam nas escolas sobre Pedro Álvares Cabral e o descobrimento do Brasil – é bastante divertido! E, nesse caso, especificamente, apresenta todo o conceito da fragrância! Um conceito que me foi totalmente entregue!

Verão, sol, férias, praia, você e uma turma pequena de amigos numa escuna coberta (ou iate mais requintado – já que a gente tá imaginando, mesmo). Todos alegres, se divertindo com um “drinque de canequinha” (como ficou conhecido o Moscow Mule, no Rio de Janeiro) na mão. É aqui que começa o nosso passeio pelo Humor à Vista!

Tal e qual um Moscow Mule que acaba de ser preparado (receita simplificada, sem cerveja (ginger beer) ou refrigerante (ginger ale) de gengibre, aqui – troque as fatias de limão por raminhos de hortelã, na hora de decorar), a abertura de Humor à Vista é refrescante, tonificante, e boa à beça de sentir! A combinação de limão e hortelã, é boa demais de sentir! É pena que tenha perdido força muito rapidamente na minha pele, embora o processo, até subir totalmente, seja demorado. Aos poucos, o gengibre surge, vai fortalecendo a sua presença e tornando a fragrância mais consistente – nunca densa ou pesada, apenas consistente.

Ao cruzar com o zimbro, lá da abertura, que fortalece a ideia da vodka (mesmo que seja a matéria-prima do gin), troca meia-dúzia de palavras, diz que precisam conversar mais e segue se divertindo com os outros amigos. Lavanda e jasmim, conhecidas de longa data, e lindas sempre, garantem equilíbrio e leveza e fazem com que  o ambiente não pareça ter rapazes demais.

A essa altura, todos já meio cansados, gritam, quase em uníssono, “terra à vista”, e seguem para a terra firme. Ao ancorarem no pier da praia, e se aproximarem das notas de base, vemos o patchouli com tons mais verdes, talvez por ter estado muito próximo ao vetiver, também mais “natureba”, que remete um pouco a musgo. Ao desembarcarem, independentemente de que mergulhou ou não, todos têm em si um pouco de maresia. Mesmo os musks e o acorde de âmbar, que ficaram quietos na maior parte do tempo.

Por fim, Humor à Vista é um dos perfumes que eu mais gostei de conhecer ultimamente. Talvez nem tanto pela fragrância em si (que é boa à beça, e eu vou usar muito!), mas pela concordância conceitual que nome (genial), frasco (alto-mar, arrebentação e praia de areia) e fragrância sugerem (e entregam)! Aliás, uma coerência conceitual que outro lançamento recente, #urbano Noite, da mesma marca entrega! Mas essa já é uma outra história que deve aportar por aqui, num outro momento!

Não gosto de falar em projeção e fixação de fragrâncias porque embora existam padrões, a depender da concentração de óleos essenciais, há outros fatores também importantes como tipos de notas e acordes utilizados e, claro, também devemos levar em consideração questões outras como a expectativa das pessoas. Feita essa ressalva, não posso deixar de citar que a fixação, na minha pele, foi superior ao que eu esperava para uma fragrância com essa proposta. E a projeção variou bastante, conforme o dia que eu a usei – maior em dias quentes (com menor fixação) e menor em dias mais amenos (com maior fixação). Seja como for, tô muito satisfeito com Humor à Vista!

Os produtos objeto de comentário, análise, ou avaliação neste texto não foram subsidiados por quaisquer marca, empresa ou terceiros, tendo sido adquiridos com recursos próprios do autor – ressalvadas exceções devidamente apontadas. Assim, o texto representa a opinião pessoal do autor, sem qualquer vício ou interesses outros que não o da informação per se. Copyright do texto © Esper Leon. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste texto, ou imagem/foto, pode ser reproduzida, armazenada, ou transmitida de alguma forma ou por algum meio, seja eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópia e gravação, ou por qualquer outro sistema de informação, sem a prévia autorização por escrito do autor.

4 comentários em “Humor à Vista – Natura

  1. Nao gostei teve a maior no meu sentir algo como flores de coentro ou algo parecido talves a minha quimica como paranaense da capital detesto coentro e cominho a maior nota foi tirando isto e um bom drink

    Curtido por 1 pessoa

    1. Poxa vida, Wanderlaei… que pena! eu também detesto coentro (você não tem ideia do quanto!) e não senti nada nem próximo disso no Humor à Vista. Como você mesmo sinalizou, realmente, pode ter sido alguma reação química com a sua pele. Uma pena, de verdade, pois é uma fragrância bem bonita de usar! Abraço forte, e obrigado pelo comentário!

      Curtir

  2. Quando se fala em gengibre sempre me remete ao Bvlgari BLV, há alguma semelhança entre ele e este humor a vista?

    Curtir

    1. Olá! Poxa vida, André Luiz, tenho o Blv aqui e não consigo alcançar essa semelhança, não. Apesar do gengibre, o Blv está carregado de musk o que o deixa com um aspecto mais de segunda pele, menos fresco; já o Humor à Vista, o gengibre está na companhia de outras notas que o deixam fresco, “gelado”; entende?

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s